Como planejar o lançamento do seu single: guia de melhores práticas

O consumo de música muda constantemente. Da era do vinil ao streaming, as estratégias utilizadas pelo mercado da música também têm se adaptado ao comportamento das gerações. Pensando no momento atual, a Agência 1a1 elencou algumas estratégias que irão te ajudar a propagar seu single para o seu público-alvo de forma eficaz. Confira!

Com a ascensão das plataformas de streaming e a inerente mudança que isso causou no hábito de escuta do consumidor de música, boa parte dos artistas deixaram de compor álbuns completos e passaram a trabalhar em EPs com duas a seis músicas ou então singles. Para o artista isso representou um ganho no sentido de que os custos para produção de singles e EPs são mais baixos.

Mas, como dizem os sábios, grandes mudanças vêm seguidas de grandes responsabilidades. Com isso queremos dizer que não se deve tratar com as mesmas práticas a inauguração de um single como a dos outros materiais. É preciso planejar o lançamento e mantê-lo como novidade pelo maior tempo. Também não basta gravar a canção, distribuir na web e aguardar um milagre!

PRÓS E CONTRAS DO LANÇAMENTO DE SINGLES

Antes de optar pelo lançamento de singles, é importante analisar se a estratégia é a mais adequada para a sua carreira e por isso a Agência 1a1 selecionou alguns benefícios e malefícios para te ajudar a decidir. Vamos a eles:

👍 Prós

  • Custo de produção menor em relação a um álbum;
  • Produção de mais conteúdo musical associada à sua frequência e relevância nas redes sociais;
  • Tempo de audição completa (geralmente o público não ouve um álbum inteiro, mas ouve os singles);
  • Inclusão em playlists;
  • Evita maiores danos caso algo desfavorável aconteça com a recepção do público à sua música (um álbum completo mal recepcionado causa mais estragos!)

👎 Contras

  • A imprensa especializada não se interessa muito por singles. Pode noticiar, porém não se debruça em resenhas e a notícia não envolverá tanto o leitor quanto a opinião do jornalista sobre o trabalho;
  • O singles não são sinônimos de uma carreira consolidada. EPs demonstram o meio termo (a carreira está caminhando) e álbuns evidenciam um trabalho sério;
  • A frequência muito alta de lançamento de singles pode se tornar enjoativa e dispersar a atenção dos fãs;
  • Não é indicado prensar material físico de singles (a menos que sua carreira seja consolidada e na sua base de fãs exista um nicho de colecionadores), logo, a rentabilidade de um single é restrita aos streamings.

LIÇÃO DE CASA E OS CRITÉRIOS NORTEADORES PARA O LANÇAMENTO DE UM SINGLE

  • Você já possui uma base de fãs? Quais são as características comportamentais deles?
  • Quais são os seus públicos alvo? Qual é o mais importante e quais são os secundários?
  • Quais são os canais de imprensa especializadas no segmento da sua música?
  • Quem são os artistas independentes e mainstream mais próximos da sua música?
  • Qual tipo de single você irá trabalhar?
  • Como incentivar pessoas a ouvir a sua música tendo em vista o momento de diversidade de lançamentos e escassez de atenção por parte das pessoas?
  • Como converter o ouvinte em fã?
  • Como utilizar o single para posicionar a sua carreira?

DEFININDO O TIPO DE SINGLE

Existe mais de um tipo de single? Claro! O single é apenas uma música lançada sozinha mas que pode ter muitos significados dentro da sua carreira e proposta. Tudo dependerá de estratégias que podem ser conversadas com seus companheiros de banda, com seu produtor e sua agência de comunicação, como a Agência 1a1 faz com seus músicos clientes.

Entre as tantas maneiras possíveis de trabalhar uma música, destacamos as seguintes:

O gostinho

Dar um “gostinho” ao público do que está por vir em um EP ou álbum liberando a faixa principal de trabalho (nesse caso é interessante gravar um clipe, mas esse é um assunto para um próximo texto).

O lado B

Lançar músicas que ficaram de fora do lançamento de um álbum completo enfatizando que ela é tão boa quanto as escolhidas para compor o trabalho principal (uma espécie de lado B).

Nova versão

Relançamento de músicas com novas gravações e versões, remixagens, mashups, gravações ao vivo e acústicas podem ser utilizadas como bônus em álbuns e ser trabalhadas na internet como singles.

Feat

Colabs musicais com outros artistas são estratégias muito interessantes, na medida em que há uma destaque mútuo entre os envolvidos, mesclando fãs. A colaboração é sempre positiva e o single alcança um público ainda maior.

DICAS ESSENCIAIS PARA PLANEJAR O LANÇAMENTO DO SEU SINGLE

  • Antes de compor um single, lembre-se: vivemos na era da escassez de atenção. De maneira generalizada, o ouvinte não tem muita paciência para músicas longas, com mais de quatro minutos, e também não curte introduções longas. Esses elementos podem ser suficientes para fazer o ouvinte pular a sua música em uma playlist ou pausar o play. Isso não significa que você deva abolir essas práticas nas composições para EPs e álbuns. Elas só não fazem sentido para singles.
  • Construa um cronograma de ações que leve em conta o tempo para distribuição da sua música. Não adianta nada pensar em datas comemorativas, como Dia Internacional da Mulher, se o seu trabalho não subir nas plataformas de música em tempo hábil. Isso matará seu gancho de divulgação.
  • O mercado atual foca em playlists. Então, definida a forma do seu single, é importante localizar playlists-chave para tentar a inclusão da sua música. Vale ressaltar que nem sempre a audição que vem de playlists resulta em conversão de fãs. Por isso, valorize as pequenas playlists! Aquele seu fã verdadeiro que incluiu a sua música em um playlist pessoal que será ouvida por até 100 seguidores acarreta em fãs reais que curtem conhecer novas bandas e migram para o seu perfil para conhecer mais sobre o seu trabalho.
  • Crie ações de “estreia” no YouTube e “pre-save” no Spotify. Isso irá resultar em mais inscritos em seus canais antes mesmo do lançamento dos singles.
  • Anuncie previamente a data de lançamento do seu single caso você ainda esteja construindo uma base consolidada de fãs. Se já a possui essa base forte, os lançamentos- surpresa são interessantes.
  • Mantenha o single como novidade. Pense em videoclipe a ser lançado posteriormente, filmagens ao vivo, como em shows ou live session em estúdio. Reacts a clipes ou streamings são a nova onda entre jovens de 17 a 25 anos. Se eles compõem o foco do seu público, é legal pensar na estratégia.

  • Divulgue seu single junto à imprensa especializada em seu nicho musical. É importante trabalhar releases bem estruturados, objetivos e sem erros gramaticais, como fazemos questão de produzir aqui na Agência 1a1! O envio de fotos de artes em alta resolução é primordial. Aqui ressaltamos a importância do trabalho do assessor de imprensa. Esse profissional já possui uma relação com os sites, jornais, TVs, blogs e rádios. Será mais fácil emplacar uma notícia por meio de um assessor.
  • Trabalhe gatilhos que envolvam o seu fã. O seu fã é o seu maior divulgador, por isso é importante conhecê-lo, identificar os mais engajados, pois eles serão pequenos influenciadores na propagação da sua música. Pense em gatilhos que estimulem uma conexão mais íntima com a sua música. Seja pela letra, uma capa, uma temática, ou pelo relacionamento que você construiu com essa pessoa. O compartilhamento orgânico é sempre valioso.
  • Pense em formas diferentes de propagar a sua música. As mídias sociais nos permitem diferentes métodos para publicar um mesmo conteúdo. Pense em postagens com links, carrosséis, foto única, gifs, teasers, vídeos chamadas, lyric video, lyric post… São inúmeras as formas de se chamar a atenção. Teste e descubra o que os seus fãs mais curtem ou te convidamos a fazer esse planejamento de forma organizada com a Agência 1a1.
  • Vincule o lançamento aos seus próximos shows. Vai sair em turnê? Mencione o título do single. Vai fazer shows pontuais, ressalte o lançamento. Interagir em eventos linkando o lançamento é uma ação com conversão em streaming garantida.

E ISSO É TUDO?

Não! Essas são apenas algumas dicas. Há muitas estratégias que podem compor o planejamento do seu lançamento. O importante é pensar tudo previamente e executar com calma e precisão.

“Mas é muita coisa! Não sei se dou conta!”.

É por isso que a Agência 1a1 oferece o serviço de Planejamento Estratégico Digital, social media e assessoria de imprensa especializada em músicos e bandas. Nossa bagagem no music business pode auxiliar no sucesso do seu lançamento. Vem tomar um café com a gente e levar a sua música além em contato@agencia1a1.com.br.

2 comentários em “Como planejar o lançamento do seu single: guia de melhores práticas

  1. Daniel Pacheco Responder

    Muito bom o texto, bastante esclarecedor e cheio de dicas boas para o artista independente! Valeu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *