Como incentivar os fãs a te ouvirem no streaming e aliviar sua banda em tempos de Covid-19

A pandemia de Coronavírus atingiu a comunidade musical com a necessidade de se reinventar e usar a criatividade para viabilizar novas formas de arrecadação para amenizar os prejuízos com os cancelamentos de shows. Nesse período de quarentena global, os apps de streaming apontam queda na quantidade de ouvintes que mudaram os hábitos de curtir música.

(Foto: Kaboompics .com no Pexels)

Significa que se você mantiver o mesmo percentual de pessoas que te escutam em relação ao total da plataforma sua receita não será diminuída mesmo que as plataformas apontem a queda em termos gerais.

Entenda a queda nos streams

Que a pandemia de Coronavírus mudou de forma sem precedentes o cenário musical com o cancelamento em massa de shows já sabemos. O que ocorre é que as mudanças não pararam por aí e atingiram também os hábitos dos ouvintes que são usuários de plataformas de streaming.

Esses ouvintes que tinham por hábito principal usar os apps de música no caminho da casa ao trabalho, da academia à faculdade e assim por diante, viram a rotina de consumo da música ser alterada pela quarentena. Com a vida acontecendo dentro de casa, as pessoas têm deixado um pouco de lado os aplicativos para curtir música, playlists e podcasts.

Por aqui, percebemos desde fevereiro que grande parte dos artistas têm se queixado da queda de 10 a 20% nos streams. Essa impressão foi confirmada pelas distribuidoras virtuais de música, como a OneRPM fez em um de seus boletins mensais.

(Foto: Burst no Pexels)

Spotify, Deezer, Tidal e Amazon apontam que os lançamentos de músicas e álbuns novos de artistas mainstream ajudam a alavancar os streams de artistas independentes seja pelo algoritmo da plataforma, playlists ou a própria navegação do usuário que é levado a conhecer novas opções de música. Com as turbulências do Covid-19, muitos dos grandes artistas decidiram adiar lançamentos arrastando de certa forma os menores para uma baixa nas audições.

Frente a mudança tanto do mercado musical como do comportamento dos ouvintes durante a pandemia, Spotify e Deezer, por exemplo, se comprometeram em antecipar os pagamentos dos direitos autorais dos músicos. Além disso, ambas plataformas se colocaram à disposição com um plano emergencial que está em fase inicial oferecendo mentoria de marketing digital com dicas e técnicas para os artistas divulgarem seus conteúdos de forma eficiente.

(Foto: Andrea Piacquadio no Pexels)

Fique em casa

Em casa, as pessoas estão dando preferência ao conteúdo televisivo, de streaming de vídeo e do YouTube tão usando pelas bandas para divulgar seus conteúdos. O problema é que essa rede sim têm sofrido para monetizar como antes da pandemia as bandas ali hospedadas já que sofreu uma baixa de anunciantes (principalmente dos prestadores de serviços). Isso significa menos anúncios no ar e menos gente clicando e sendo impactada por publicidade refletindo em baixa nas remunerações que cabem aos artistas que abastecem o YouTube.


3 dicas para você fazer uma boa campanha de divulgação dos streamings da sua banda por nossa Social Media, Nata de Lima

1 – Crie uma playlist com o setlist do show da sua banda e divulgue nas redes sociais

O título dessa dica é autoexplicativo. Basta montar a coletânea de músicas que vocês apresenta em seus shows e partir para divulgar essa lista para sua rede de seguidores e contatos. Enquanto escrevo esse artigo, lembro que testei essa estratégia com minha própria banda, a Manger Cadavre em que eu, Nata de Lima, Social Media Strategist aqui na 1a1, sou vocalista. Funcionou bem: o dia que eu divulguei nossa playlist nas redes sociais conseguimos 885 streams.

2 – Faça posts convidando a galera a seguir e escutar a banda nos apps de música

Crie algumas peças de arte para o feed de notícias e vídeos para a timeline ou stories pedindo para o público ouvir. Simples e eficaz, já que, se você tiver uma base de fãs fiéis, eles vão querer ajudar de alguma forma.

3- Compartilhe músicas pelos stories

Outra coisa boa que sempre aumenta a frequência de ouvintes nos apps de streaming é compartilhar as músicas no stories. Use a função música ou compartilhe o perfil da sua banda ou álbum para facilitar o clique dentro do Instagram e que o usuário caia na música com facilidade.

A sua carreira vai ser impactada após o fim do capítulo Coronavírus na história da música? Provavelmente. Mas o que você fizer durante esse período poderá ser determinante para seu futuro. Então, respira fundo, descansa um pouco a cabeça, se cuide e vamos ao trabalho! Esperamos ter ajudado com essas dicas e se precisar, conta com a gente em contato@agencia1a1.com.br e em todas as redes sociais!

(Foto: cottonbro no Pexels)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *